URGENTE: PROVA DE VIDA DIGITAL

Atualizado: 31 de jan.


A Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal comunica que efetivará a suspensão do pagamento de mais de 80 aposentados, aposentadas e pensionistas que não realizaram a Prova de Vida até 31 de janeiro de 2022, prazo instituído pelo Ministério da Economia.


Para evitar que as suspensões ocorram já no pagamento dos vencimentos referentes a janeiro, todos(as) os(as) aposentados(as), pensionistas e anistiados(as) da administração pública federal que têm a biometria facial cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) devem, urgente, fazer a comprovação anual por meio do SouGov.br, aplicativo do Governo Federal que está substituindo o móbile.


Quem não tiver a biometria cadastrada no TSE ou no Denatran deverá realizar a Prova de Vida pessoalmente, no banco em que recebe o provento ou pensão.


Pelo aplicativo SouGov.br também é possível acompanhar a situação da Prova de Vida, obter o comprovante e receber notificações sobre a necessidade de comprovação, independente se tem ou não biometria.


Para quem mora no exterior e tem dificuldades de fazer a Prova de Vida presencial ou por meio do aplicativo SouGov, o DGP sugere que enviem mensagem para o e-mail dgpatendimento@unb.br explicando a situação e solicitando orientações de como proceder.


Para saber mais sobre a Prova de Vida, acesse bit.ly/3wdOk07


Para saber mais sobre o SouGov.br, acesse bit.ly/3hBtUKq