UnB protocolará no MEC ofício contra o Future-se

Professores, estudantes e técnicos da Universidade de Brasília (UnB) protocolarão um ofício no Ministério da Educação (MEC) às 9h desta quarta-feira (07/08) contra o Future-se, projeto de privatização da educação pública superior proposto pelo governo federal e amplamente rejeitado pelas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES). A comunidade acadêmica registrará no MEC os pareceres jurídicos e análises coletivas que orientaram a universidade a não aderir à proposta.

“A UnB está unida e não aceitará nenhuma tentativa de privatizar a educação brasileira”, afirmou Luis Antonio Pasquetti, presidente da Associação dos Docentes da UnB (ADUnB). Os manifestantes levarão ao Ministério um cortejo circense com perna-de-pau para entregar o ofício ao ministro Abraham Weintraub. “Este ato será uma amostra do que aguarda o governo na Greve Nacional da Educação, no dia 13 de agosto”, destacou Pasquetti.


Na última semana, a reitoria apresentou ao Conselho Superior da UnB um estudo que identificou “lacunas de informações”, falhas conceituais e legais na minuta de projeto de lei do Future-se, que “dificultam uma avaliação aprofundada da consistência e viabilidade do Programa”. A UnB concluiu que o Future-se compromete a autonomia universitária e desobriga o Estado do financiamento da educação superior pública brasileira, conquista histórica dos movimentos pela educação. (leia na íntegra).

O ato é organizado pela ADUnB e pelo Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília (Sintfub), com a participação de estudantes de diversos Centros Acadêmicos. Também estarão presentes parlamentares distritais e da bancada federal do DF.


O quê: Ato contra o Projeto “Future-se”

Quando: Quarta-feira (07/08), às 9h

Onde: Ministério da Educação

Contato: (61) 98280-0418 | (61) 3307-1157 E-mail: acs@adunb.org.br

Links Úteis