O que não te contaram sobre a Reforma Administrativa


Antes da Constituição de 1988, o servidor público era tratado de forma precária. A partir dos direitos assegurados por ela, as situações precárias de trabalho deixaram de existir, dando ao servidor maior estabilidade para exercer suas funções.

Com a proposta da Reforma Administrativa, que Arthur Lira e Guedes querem enfiar goela abaixo da população, esses direitos se perdem e os trabalhadores do serviço público podem voltar à precarização.