NOTA DE REPÚDIO AOS CORTES ORÇAMENTÁRIOS NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS

A Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB) manifesta repúdio à notícia do Governo Federal de bloquear 30% das dotações orçamentárias da UnB. A medida, que não atende a qualquer racionalidade administrativa, e que, segundo declaração do próprio ministro à imprensa tem caráter punitivo em relação a atos políticos, considerados por seu julgamento como “balbúrdia”, atenta contra a dignidade de uma instituição que tem variado entre quinto e oitavo lugar no Brasil pelos mais importantes ranqueamentos internacionais. O episódio apresenta à sociedade brasileira mais uma postura antidemocrática do governo.

O sindicato atua na defesa da categoria docente, e mais do que isso, defende a universidade pública como instituição fundamental na produção da ciência e para a garantia da qualidade democrática de nosso país, através da formação de profissionais de todas as áreas do conhecimento, advindos de todas as classes sociais.

A ADUnB está mobilizada e convoca os professores e professoras na luta pela UnB e pelas demais universidades públicas. No dia 3 de maio, o Conselho de Representantes se reunirá e terá como um dos temas de pauta o bloqueio das dotações orçamentárias. A proposta da diretoria de uma Assembleia Geral da categoria para 09 de maio deverá ser examinada pelo CR. Esperamos ampla participação da categoria para decidir sobre os posicionamentos a serem tomados diante dos ataques contra a Educação Pública brasileira.

A ADUnB reforça que a categoria deve estar unida, ciente do calendário de lutas que marcará a oposição dos professores e professoras à agenda nefasta de ameaças contra os trabalhadores em geral e especialmente contra os trabalhadores da Educação. Após a mobilização do dia 1º de Maio, no dia 15, na Greve Geral da Educação, devemos mostrar nossa produção acadêmica, envolver a sociedade e mostrarmos a importância das Universidades Públicas.

Mais do que nunca, contamos com a participação de todos e todas. Não podemos permitir que os preceitos constitucionais da autonomia e liberdade sejam atingidos de maneira arbitrária, por bloqueios orçamentários injustificados.

Links Úteis

Assessoria de Comunicação

De 9h às 18h, de segunda à sexta-feira.

acs@adunb.org.br

(61) 98280 0418