Mobilização dos/das SPFs pela negociação salarial


Ontem (12), dando continuidade à luta pelo reajuste de 19,99% (percentual de direito da categoria), servidores/as públicos/as fizeram um grande ato contra a absurda proposta do governo federal de conceder apenas 5%.


A mobilização também teve a participação dos trabalhadores do INSS que correm o risco de ter seus direitos usurpados pela possibilidade de perda de até 40% em suas aposentadorias, além de docentes das IFE's que sofrem com a intervenções em seus locais de trabalho.


A jornada de luta pela recomposição salarial segue. Servidores/as só sairão das ruas quando o governo conceder um reajuste válido, trazendo de volta não só o poder de compra, como também a dignidade daqueles que prestam serviços ao país.