Moção de repúdio ao presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo



O Conselho de Representantes da Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB–S.Sind. do ANDES-SN) vem manifestar seu repúdio às atitudes de perseguição político-ideológica, discriminação e tratamento desrespeitoso por parte de seu presidente, Sérgio Camargo e demais gestores, contra servidores da Fundação Cultural Palmares, são práticas presentes em governos antidemocráticos.


Manifestamos nosso total apoio ao pedido feito à Justiça pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na última sexta-feira, 27, perante a 21ª Vara do Trabalho de Brasília, de afastamento imediato do presidente da Fundação Cultural Palmares, pela prática de assédio moral.


Reafirmamos a nossa defesa das instituições públicas e dos seus servidores, em respeito ao povo brasileiro e às suas lutas, não permitindo que oportunistas destruam todo legado histórico dos povos na luta pela resistência e identidade.


Assim nos manifestamos,


Conselho de Representantes da ADUnB-S.9Sind. do ANDES-SN


Brasília, 31 de agosto de 2021