Marielle Franco, presente!

4 anos sem Marielle Franco


No dia 14 de março de 2018, o Brasil foi tomado por uma onda de dor e revolta. Neste dia, Marielle Franco, mulher negra, mãe, lésbica, moradora da comunidade da maré e ativista pelos direitos humanos, foi brutalmente assassinada e silenciada junto com o seu motorista Anderson Gomes. Desde então seguimos exigindo respostas: Quem mandou matar Marielle Franco e Anderson Gomes e por quê? Não podemos silenciar e esquecer da truculência como militantes e ativistas políticos são tratados no Brasil.


Marielle, virou símbolo de resistência e luta! Marielle virou semente, são milhares! Marielle hoje e sempre, presente!