INSS anuncia fim da exigência da prova presencial de vida


Na tarde desta quinta-feira (03), o INSS anunciou o fim da exigência da prova presencial de vida. Agora a comprovação de vida passará a ser feita pelo cruzamento entre as bases de dados dos governos federal, estaduais e municipais, e também de instituições privadas. Registro de vacinação, consulta médica no Sistema Único de Saúde (SUS), emissão de passaporte, carteira de identidade ou de habilitação serão usados pelo INSS para comprovar que o beneficiário está vivo. Caso não seja possível a comprovação por esses meios, no mês anterior ao aniversário do beneficiário, ele será notificado para realizar o procedimento, preferencialmente, por meio eletrônico.

A partir da data da publicação da portaria, as mudanças entrarão em vigor.