Inep suspende avaliações de Instituições de Ensino Superior por falta de passagens aéreas

Funcionários apontam a Portaria 2,227/2019 como a causa da suspensão, por impossibilidade da compra de passagens aéreas. Semana passada o MEC divulgou nota à imprensa afirmando que revisará a normativa. Com informações do O Globo.

Funcionários do Ministério da Educação afirmam que a Portaria 2,227/2019 foi a causa da suspensão das avaliações das instituições de ensino superior pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta semana. Publicada pelo MEC em 31 de dezembro de 2019, a portaria restringe o número de passagens e diárias para servidores ligados ao MEC, inclusive docentes, realizarem atividades fora de suas instituições.


De acordo com a coluna Bela Megale, do jornal O Globo, o Inep suspendeu as avaliações das instituições marcadas para a semana por falta de passagens aéreas. A coluna chegou a confirmar com representantes de duas universidades que tiveram as avaliações desmarcadas. O Inep envia três professores para cada a avaliação de cada curso.


Em nota divulgada para imprensa nos últimos dias de janeiro, o Ministério afirmou que a Portaria 2,227/2019 será revisada, “em atendimento de pesquisadores, professores e reitores das universidades e institutos federais”.


Saiba mais:


Limitação de servidores em eventos: medida prejudica atividades acadêmicas e científicas


Fonte: O Globo

Links Úteis

Assessoria de Comunicação

De 9h às 18h, de segunda à sexta-feira.

acs@adunb.org.br

(61) 98280 0418