Festival de Cinema: curta mostra perseguição e censura a professores

Atualizado: Jan 29


O que significa ter escolas sem a crítica, sem debates, com censura? O curta-metragem "Escola Sem Sentido" aborda o polêmico tema da interferência do Estado e de movimentos da sociedade que caminham para a censura na educação. Apoiado pela ADUnB, o filme será veiculado no Festival de Cinema de Brasília dia 25/11, às 18h, com entrada gratuita.


Dirigido por Thiago Foresti, o drama conta a história de perseguição a um professor de história por famílias que são contra o uso das escolas "para fins de propaganda ideológica, política e partidária", uma alusão ao movimento "Escola sem Partido". O filme mostra que, em nome de evitar o que chamam de “doutrinação ideológica” nas escolas, pode-se criar ambientes sem discussão e, portanto, sem sentido.


Em "Escola sem sentido", o caso do professor de história ganha proporções impensadas e afeta a paixão do professor por ensinar. Além de fazer refletir sobre a educação e a censura, o filme leva a uma reflexão sobre atual situação política da sociedade brasileira.


Assista ao trailer.



“Escola Sem Sentido”

De Thiago Foresti (2019, drama/curta, Brasil, 15 minutos, livre)

Festival de Cinema de Brasília, dia 25/11, às 18h.

Entrada gratuita

Links Úteis