Fórum Nacional debate educação escolar indígena

O auditório da Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB) recebe, até esta terça-feira (2/7), o IV Fórum Nacional de Educação Escolar Indígena, com o tema ‘Educação para existência e vida plena’. Com representantes de mais de 100 povos indígenas, o evento terá conferências, atividades culturais e debates. Não é necessária inscrição prévia para participar. Confira a programação: www.facebook.com/fneei | divindigena@unb.br


O Fórum é uma atividade permanente e tem como objetivo participar do processo de concepção, implementação e avaliação política nacional de educação para os povos indígenas. “O Fórum é um espaço autônomo de discussão muito importante, principalmente no contexto político que vivemos”, afirma Célia Xakriabá, professora ativista indígena do povo Xakriabá, em Minas Gerais e doutoranda em Antropologia pela UFMG. “É uma luta intensa que também é pautada na questão territorial. Não dá pra discutir educação escolar indígena sem discutir a sustentação, a base, que é o território”, explica Célia.

Célia Xakriabá é professora e ativista indígena do povo Xakriabá, em Minas Gerais


A falta de investimento na formação de professores indígenas foi um dos aspectos abordados no primeiro dia do encontro. “Existe um descaso das autoridades. Além da lacuna na formação dos professores, também sofremos com a falta de estrutura física. A maior parte das comunidades nem têm escola, muitas aldeias são distantes das cidades e a assistência não chega”, pontua a professora indígena Eliene, do povo Umutina, no Mato Grosso.


Pedro Pareci, que é gestor da Escola Estadual Indígena Malamalati, localizada na Terra Indígena Pareci, no Mato Grosso, relata dificuldades na administração da escola. “O governo cortou muita coisa, não tem como trabalhar, não tem recursos para contratar professores”. Os participantes construirão, ao fim do encontro, um documento para pautar as reivindicações do Fórum no Ministério da Educação.

Posts recentes

Ver tudo

Links Úteis

Assessoria de Comunicação

De 9h às 18h, de segunda à sexta-feira.

acs@adunb.org.br

(61) 98280 0418