Encontro nacional do ANDES-SN debateu saúde do trabalhador docente

O VII Encontro Nacional de Saúde do Trabalhador Docente - O Acirramento da Luta de Classes e a Saúde do(a) Trabalhador(a) Docente, promovido pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN) nos dias 25 e 26 de novembro em Campina Grande (PB), reuniu cerca de 50 professores(as) de Associações Docentes (AD’s) de todo o país para debater temas como o desmonte do SUS, o papel da universidade na defesa da Seguridade Social, as condições de trabalho da categoria, o adoecimento docente e estratégias para seu enfrentamento.


Patrícia Pinheiro, do Grupo de Trabalho ‘Trabalho e Saúde’, da Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB), representou o sindicato. “O encontro ofereceu oficinas e palestas, possibilitando uma análise e debate acerca da saúde do(a) trabalhador(a) docente no Brasil. Foi uma ótima oportunidade de conhecer as várias realidades vivenciadas pelos(as) docentes”.


Uma oficina pré-encontro foi organizada com a metodologia do Teatro do Oprimido. “Identificamos que o assédio moral no trabalho ocupa o papel central no adoecimento dos(as) professores(as)”, afirmou Patrícia. No âmbito da Universidade de Brasília, o GT da ADUnB promoveu atividades para debater o assédio moral na universidade (saiba mais). A cartilha “Assédio Moral ao Docente na UnB: Como reconhecer? O que fazer?”, elaborada pelo GT, foi distribuída aos participantes evento.


Nas apresentações, foram compartilhados dados atualizados de pesquisas que demonstram que as condições de trabalho para os(as) docentes têm se deteriorado ao longo dos anos e que, em função disto, o adoecimento mental tem tido maior incidência nos afastamentos dos professores e professoras.


O evento foi encerrado com a reunião do GT de Seguridade Social e Assuntos de Aposentadoria (GTSSA), para socializar os informes das AD’s e aprovar encaminhamentos de trabalho do GT. “O grupo aprovou o acompanhamento da Reforma da Previdência e o desenvolvimento de estudos sobre seus impactos no trabalho docente e implicações para os(as) novos(as) docentes e a situação dos que estão em vias de se aposentar”, explicou Patrícia.




Posts recentes

Ver tudo

Links Úteis

Assessoria de Comunicação

De 9h às 18h, de segunda à sexta-feira.

acs@adunb.org.br

(61) 98280 0418