Educação sempre, ditadura nunca mais


Desde a sua fundação, a ADUnB enfrentou a ditadura instalada pelo golpe militar de 1968. Enfrentamos o totalitarismo de seguidos governos contra a classe trabalhadora, a liberdade de expressão e, parte estratégica de um truculento e nefando projeto de poder, contra a educação, tentando enquadrá-la aos seus interesses, e perseguindo, prendendo e levando aos seus porões educadores/as e estudantes que lançavam luz onde se queria e precisava de trevas.

Hoje, 58 anos depois, nos vemos em luta pelos mesmos direitos contra um governo que, sistematicamente, trata a educação, educadores/as e estudantes como inimigos/as. Não esmorecemos na ditadura militar, não iremos esmorecer agora. Educação sempre, ditadura nunca mais.