E A VACINA PARA PROFESSORES(AS) DO ENSINO SUPERIOR?


O governador do Distrito Federal anunciou a vacinação para professores, no entanto, devem ser imunizados primeiro os trabalhadores de creches, com previsão de início para esta quinta-feira, dia 20 de maio. Segundo as notícias veiculadas na imprensa, para os demais professores o cronograma de vacinação será divulgado conforme a chegada de novos lotes de vacinas.

A notícia causou expectativa entre os professores da UnB, mas as informações que temos é de que os professores do ensino superior serão os últimos da fila. É importante esclarecer que o problema que enfrentamos não é o de cronograma ou de envio das listas com os nomes dos professores, mas o de inexistência de vacinas suficientes.

O GDF havia calculado cerca de 10 mil vacinas para atender os profissionais de creches das redes pública e privada, no entanto, no DF2 desta terça-feira (18), foi noticiado que só da rede privada de creches são 9 mil trabalhadores. Isso denota o desconhecimento do governo em relação aos dados populacionais e, em consequência, da real necessidade.


A ADUnB tem participado de reuniões com a administração superior da UnB, organiza, junto com o Sintfub e o DCE, o Comitê pela Vacinação na UnB, que já realizou 15 Plenárias, lives, participação em atos e enviou ofícios ao GDF cobrando ações efetivas no combate. Entendemos que a efetivação da vacina para a população em geral, inclusive para a comunidade da UnB, só se dará se formos capazes de, organizadamente e mobilizados, conseguirmos pressionar o governo do Distrito Federal a realizar com celeridade a aquisição das vacinas.


Outra ação importante à qual a ADUnB também se soma é o Movimento DF Vacinado, que reúne várias organizações sindicais, partidárias e movimentos sociais para acompanhar e cobrar do GDF a vacinação da população do Distrito Federal.

A imunização da população brasileira por meio da vacinação é urgente. No DF, até a data de 18 de maio, 8366 pessoas foram a óbito em consequência da covid-19. Estes são números alarmantes. O Brasil atingirá, facilmente, meio milhão de pessoas mortas em breve se o processo de vacinação não for garantido urgentemente. Infelizmente, o governo federal, que tem o governo do DF como aliado, não tem empreendido esforços necessários, desde o início da pandemia, para o enfrentamento correto da contaminação, levando a população brasileira a uma situação de calamidade. Não é à toa que temos instaurada a CPI da Covid, que investiga negligência e irresponsabilidades do governo federal, bem como a crise do Amazonas.


Reiteramos o convite para que todos os professores e professoras da UnB venham fortalecer as ações do Comitê da UnB pela Vacinação, todas as sextas-feiras, às 11h. Só a mobilização de todos e todas poderá garantir a efetiva imunização e a superação da pandemia. Contamos com vocês!

Brasília, 18/05/2021


No Canal do Comitê UnB pela Vacinação no YouTube é possível rever as lives. Prestigie!

https://www.youtube.com/watch?v=mr3qOXvQAMU


Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/Comit%C3%AA-Unb-Pela-Vacina%C3%A7%C3%A3o-104791644967792

Instagram: https://www.instagram.com/unbpelavacinacao/