conteúdo da página CR discute ‘Future-se’ e convoca Assembleia Geral para segunda-feira

CR discute ‘Future-se’ e convoca Assembleia Geral para segunda-feira

O Conselho de Representantes (CR) da Associação dos Docentes da UnB convoca uma Assembleia Geral (veja a pauta abaixo), na próxima segunda-feira (12/8), às 15h, para debater estratégias de participação da categoria na Greve Nacional da Educação - que acontecerá no dia 13/08, às 9h no Museu Nacional da República.

O ato concentrará entidades em defesa da educação, docentes, técnicos(as) e estudantes contra a agenda de desmonte da educação pública brasileira promovida pelo governo federal e materializada no projeto de privatização do ensino público superior, o ‘Future-se’.

O CR, que reuniu mais de vinte conselheiros na tarde de hoje (6/8), tratou da mobilização da categoria contra a proposta. O advogado Leandro Madureira, da assessoria jurídica da ADUnB, esclareceu os membros do Conselho sobre a minuta do Projeto de Lei do Future-se, que prevê a alteração de 17 Leis em vigor, entre elas a Lei da Carreira do Magistério Federal (Saiba mais).

Madureira destacou as omissões e incongruências da proposta, que geram insegurança para as Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) e seus servidores. “A obscuridade absoluta em torno da proposta gera muita preocupação. O Future-se tem a propriedade de malferir a autonomia universitária e o poder de criar uma relação de mercado com as universidades, que se tornariam centros empresariais. Parece que foi criado para substituir a universidade da forma como a conhecemos”, disse o advogado.

Os professores e professoras manifestaram indignação contra o projeto. “A política desse governo é privatizar tudo o que seja possível, e é uma construção em etapas: primeiro ele desconstrói a imagem da universidade e dos professores perante a sociedade, depois precariza os serviços - cortando 30% do nosso orçamento - e por último apresenta a suposta solução, que é um projeto claro de privatização. Aderir ao Future-se significaria dar carta branca para a privatização da universidade”, afirmou a professora Eliane Novaes Rocha, da Faculdade UnB Planaltina.

“Como pode doar patrimônio público para entidades de direito privado?”, disse a professora Albene Miriam Menezes Klemi, do Departamento de História. “O que isso significa para o Brasil? Isso é implodir todo o sistema de ensino como nós conhecemos para colocar algo que nem sabemos o que é no lugar”.

Informes

Durante a reunião do Conselho, diretores(as) da ADUnB e membros do CR apresentaram os informes sobre a atuação do sindicato nas mobilizações conjuntas em defesa da educação:

• Reunião das IFES (nos dias 27 e 28 de Julho) que discutiu o Future-se e a questão do orçamento das federais; • Reuniões com as entidades Organizadoras da Greve do dia 13 de agosto (SINTFUB/SINTSEF/SENASEFE/ANDES); • Reunião do Comitê em Defesa da UnB no SINTFUB, que organizou um ato e a entrega de ofício contra o Future-se nesta quarta-feira (07/08), às 9h no MEC.


Pauta da Assembleia Geral

Informes: Gerais; Future-se 1 - Análise de Conjuntura 2 - Greve Nacional da Educação 3 – Encaminhamentos

Links Úteis