Calendário de Lutas contra a Reforma da Previdência e em defesa da Universidade Pública

ADUnB convida os(as) docentes para o 1º de Maio unificado contra a Reforma da Previdência e para a Paralisação do dia 15 de maio em Defesa da Educação Pública Brasileira.

Os atos do dia 1º de Maio de 2019 serão marcados pela mobilização unificada entre as centrais sindicais, confederações, frentes e movimentos sociais que defendem as liberdades constitucionalmente estabelecidas, a Educação Pública e os valores democráticos.

A ADUnB convida todos os professores e as professoras a participarem dos atos e mobilizações que terão como centralidade a denúncia do projeto de Reforma da Previdência, que atenta contra o direito à aposentadoria, contra a perspectiva de futuro para a juventude, e contra a justiça social.

No dia 15 de maio está prevista a Greve Geral da Educação. Dia em que o setor da educação, em todo o país, se mobiliza em Defesa da Educação Pública. O dia de greve geral tem como objetivo denunciar à população a implementação de políticas de sucateamento e desmantelamento da educação pública brasileira, seja no nível básico, fundamental, técnico e superior.

A ADUnB tem participado e sediado os esforços conjuntos de unificação do movimento para o dia 15 no DF. A agenda de atividades, dentro e fora da UnB, será divulgada proximamente.

Organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) com o lema: “Eu acredito e vou à luta: escola Pública, laica, plural, gratuita e sem violência, desmilitarizada, democrática, de qualidade social, com profissionais valorizados e ensino integral para todos e todas.”

Participe!!! Lute!!! A unidade dos trabalhadores da educação é fundamental, não só para enfrentar os ataques que a universidade vem sofrendo, mas para devolver a esperança em construirmos, juntos, um futuro digno!

Links Úteis