ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA ADUnB-S. Sind. do ANDES-SN

Em Assembleia Geral Extraordinária, ADUnB-S. Sind. reafirma a permanência nas mobilizações contra a PEC 32 e ampliação do debate sobre as condições de retorno presencial na UnB

Em Assembleia Geral Extraordinária da ADUnB-S. Sind, realizada no último dia 06/10, via plataforma Zoom, em função da pandemia do novo coronavírus, os/as docentes da UnB reafirmaram a importância da permanência do sindicato nas agendas de luta contra a PEC 32, assim como nos atos pelo #forabolsonaro. O presidente da ADUnB-S.Sind, Jacques de Novion, conduziu a assembleia juntamente com as diretoras Eliene Novaes e Patrícia Pinheiro.


A pauta da assembleia, que teve duração de três horas, foi apresentada por Jacques de Novion e foi aprovada por unanimidade pelos participantes. Os pontos de pauta debatidos foram: (1) Informes; (2) PEC 32/2020; (3) Debate sobre o protocolo de retorno presencial na UnB e encaminhamentos; (4) Eleição para delegado/a e observadores/as para o 13º. CONAD Extraordinário do ANDES-SN nos dias 15 e 16 de outubro, por meio eletrônico; (5) Outros.


Informes


A Professora e diretora da ADUnB Patrícia Pinheiro apresentou os informes. Entre eles, a presença da ADUnB em audiência pública pelo centenário de Paulo Freire, assim como na instalação, nos Campus Darcy Ribeiro, Faculdade UnB Planaltina e Faculdade de Ceilândia, de placas em homenagem aos 100 anos de nascimento do Patrono da Educação Brasileira. A atuação da ADUnB na semana universitária e no Conselho de Direitos Humanos UnB também foi citada, além da constante participação do sindicato no Comitê UnB pela Vacinação. Sobre o Plano de Saúde, a diretora Patrícia reforçou a participação da ADUnB em todo o processo de discussão com a UnB, e que, atualmente, a questão está em fase de elaboração de instrumento de licitação pública pela UnB. Foi informando, ainda, que está em processo de instalação um sistema integrado de comunicação, cadastro, atendimento, bem como a reestruturação do site, para melhorar a disponibilização de informações para os/as associados/as e o público em geral. Por fim, foi informado sobre o estudo para verificação da instalação de painéis solares nos prédios da ADUnB.


PEC 32/2020


O presidente Jacques de Novion fez uma retrospectiva sobre a participação da ADUnB nas mobilizações contra a PEC32 tanto nos atos de rua quanto nas ações virtuais, ressaltando a campanha contra a PEC 32 realizada pelo sindicato, bem como a realização do programa Semanal na TV Comunitária, Diálogos ADUnB. Ressaltou que as ações de mobilização realizadas pelos sindicatos de servidores públicos e centrais sindicais vêm contribuindo para o enfraquecimento da aprovação da PEC 32. Jacques também reforçou a importância da união entre os diversos setores do serviço público. Como encaminhamento ficou deliberada a permanência da ADUnB nas agendas de luta contra a PEC 32, assim como a participação nos atos pelo #ForaBolsonaro - o próximo, com a data a definir entre os dias 13 ou 15 de novembro.


O professor Luis Antonio Pasqueti e as diretoras Eliene Novaes, Patrícia Pinheiro e Cláudio Menezes também reforçaram a participação e permanência da ADUnB contra os ataques aos direitos dos trabalhadores - como é o caso dessa PEC do retrocesso.


Retorno presencial e encaminhamentos


A diretora Eliene iniciou o debate falando sobre as etapas 1 e 2 do retorno presencial das atividades na UnB, sendo que a etapa 1 corresponde às atividades remotas e a 2, sobre o retorno às atividades presenciais que não podem ser realizadas remotamente. Neste momento, fala-se em retorno gradativo dentro da etapa 2. Entre os professores que se posicionaram, a maioria afirma não ser a hora de retornar às atividades sem o mínimo de segurança sanitária. Como encaminhamento foi deliberada a realização de uma Audiência Pública a ser realizada em conjunto pela ADUnB e Administração da UnB para debater a situação antes da reunião do CEPE, que acontecerá no dia 25 de novembro, quando será apresentada e votada a Resolução que regulamentará as atividades na UnB no próximo período letivo. Os associados presentes à Assembleia Geral ratificaram a posição de assembleias anteriores e do Conselho de Representantes, contrária a ações que sobrecarregam ainda mais os/as docentes, precarizando ainda mais a sua condição de trabalho; contra a realização de mais de 2 semestres em um mesmo ano e a transferência de responsabilidade sobre as definições de retorno presencial para os docentes;


Eleição para delegado e observadores/as para o 13º. CONAD Extraordinário do ANDES-SN – nos dias 15 e 16 de outubro


Como encaminhamento ao 13º CONAD Extraordinário, nos próximos dias 15 e 16 de outubro, foi aprovada a eleição do presidente Jacques de Novion como delegado e Luis Antonio Pasquetti e Muna Muhammad Odeh como observadores. Sem mais encaminhamentos, a assembleia foi encerrada.