ADUnB no Grito dos Excluídos

Atos também reforçaram a importância de se derrubar a PEC 32

Ontem (7), em 200 cidades do Brasil e do exterior, mais de 300 mil pessoas manifestaram-se no 27º Grito dos Excluídos contra o projeto de miséria que Bolsonaro e Guedes, com apoio do presidente da Câmara, Arthur Lira, vêm executando no país.

Em Brasília, mais uma vez a ADUnB esteve na luta dos trabalhadores pela garantia de comida no prato, emprego, educação, vacina e vida.

Os atos também reforçaram a importância de se derrubar a PEC 32, medida que tira dos mais pobres o direito à saúde e à educação gratuitas e de qualidade.


O povo mostrou mais uma vez ao presidente que as ruas são de todos!