Abaixo-assinado nacional contra a Reforma da Previdência

Na próxima terça-feira (2), haverá o lançamento de um abaixo-assinado nacional contra a Reforma da Previdência. A orientação é que essa atividade seja realizada nos estados e regiões, juntamente com a divulgação da Calculadora do Dieese. O aplicativo simula o tempo necessário para o trabalhador se aposentar, caso a reforma seja aprovada. Na capital paulista, o lançamento ocorrerá em frente ao Teatro Municipal, na Praça Ramos, às 10 horas.


O objetivo do abaixo-assinado é intensificar a campanha junto à população, para explicar como a PEC 6/20019 significa o fim do direito à aposentadoria. Pretende-se também alertar para outros ataques, como ao BPC, PIS/PASEP, pensão por morte, entre outros. Será distribuída uma cartilha explicativa para a população.

No dia 9 de abril, acontecerá uma ação unificada das centrais sindicais no aeroporto de Brasília. O foco é pressionar deputados e senadores que desembarcarem no local, para que não votem a favor da PEC da Reforma da Previdência. A partir de agora, orientação é também pressionar de forma permanente os parlamentares, no Congresso e em suas bases.


Outra atividade aprovada é o apoio e participação das centrais sindicais à provável greve nacional dos trabalhadores da Educação. A paralisação está prevista para o dia 26 de abril e será confirmada após reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE). A orientação, confirmada a greve, é a realizar de ações unitárias nos estados neste dia, para unificar a defesa da Educação Pública e da Previdência.

O 1° de Maio – Dia Internacional de Luta dos Trabalhadores – é a próxima data nacional de luta unificada apontada pelas centrais. As manifestações deverão ser organizadas em todo o país com foco na luta contra a Reforma da Previdência e contra o desemprego.



*Fonte: ANDES-SN

Links Úteis