40º congresso do ANDES-SN será em formato presencial, Porto Alegre. Decisão foi tomada no 13° CONAD


No último sábado (16), ocorreu o 13º CONAD, que contou com a participação de 230 docentes de todo país que discutiram a conjuntura, o enfrentamento aos ataques do governo Bolsonaro e as lutas que a categoria enfrenta, a importância da luta para melhorar as condições de vida e o trabalho da categoria, recomposição salarial, a recomposição dos orçamentos da universidades e da ciência e tecnologia.


Representando a ADUnB estiveram presentes o professor e presidente da ADUnB, Jacques de Novion, como delegado, e os professores Luis Pasquetti e Muna Muhammad Odeh como observadores.


Durantes os dois dias de congresso foram debatidas pautas de interesse da categoria docente, como: 40º Congresso do ANDES-SN; a realização do Congresso em Porto Alegre (RS); a realização do Congresso presencial no primeiro trimestre de 2022, para derrotar Bolsonaro e defender os direitos; a solidariedade ao povo de Cuba diante dos ataques do imperialismo norte-americano; organizar um grande Congresso presencial do ANDES-SN.


Sobre a decisão de realização do congresso em 2022, Jacques de Novion pontuou a importante pressão feita pelos docentes para mudar a primeira proposta feita pela TR da diretoria do ANDES-SN, que tratava da realização de dois congressos no primeiro semestre do próximo ano, sendo o primeiro em janeiro de 2022, em Brasília. Jacques observou que tal proposta, além de desrespeitar as decisões tomadas no 39º Congresso, não consultou ou dialogou com a ADUnB sobre a realidade na UnB e as condições sanitárias da cidade de Brasília para realizar eventos de grande porte com uma pandemia ainda em andamento. A proposta aprovada manteve a decisão do 39º congresso, ficando definido que o 40º congresso se dará em março de 2022, na cidade de Porto Alegre.