39º Congresso do ANDES-S pauta as lutas em defesa da educação para 2020

Atualizado: Fev 13


Cinco dias de debate sobre os rumos da luta em defesa da educação. O 39º Congresso do ANDES-SN teve sua plenária de encerramento neste sábado (8/2), na Universidade de São Paulo (USP). O Congresso é a maior instância deliberativa da categoria e, todos os anos, unifica as pautas e lutas do setor.


Clique aqui e veja a galeria de fotos do 39º Congresso.


Num contexto de ataques frontais à educação, ao exercício da docência e aos servidores públicos federais, as(os) docentes decidiram pela construção de uma Greve das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) e com os docentes das Estaduais e Municipais, buscando articular com demais entidades, para uma greve conjunta do Setor da Educação.


Também foi pautada a necessidade de incentivar e implantar a criação, nos estados, do Fórum Sindical, Popular e de Juventudes por Direitos e Liberdades Democráticas, o fortalecimento da Frente Escola sem Mordaça e a luta contra a militarização das escolas.


Desfiliação à CSP-Conlutas e Conad Extraordinário


Depois de intensos debates na sexta-feira (7/2), o Congresso deliberou que o Sindicato Nacional permanecerá filiado à CSP-Conlutas. Foram 255 votos pela manutenção, 142 votos pela desfiliação e 15 abstenções.

Foi deliberada a realização de um Conad Extraordinário no segundo semestre de 2020 para realizar um balanço crítico da participação do ANDES-SN na entidade nos últimos dez anos.

"Vamos abrir esse debate com a base para que a ADUnB traga, no próximo Conad Extraordinário, uma posição fechada, decidida com a categoria, sobre a permanência ou não na CSP-Conlutas", afirmou o presidente da ADUnB, Jacques de Novion.


Eleição para o ANDES-SN


Duas chapas foram inscritas para a eleição da diretoria do ANDES-SN, que ocorrerão nos dias 12 e 13 de maio de 2020. A apresentação foi realizada no 39º Congresso do Sindicato Nacional.


A Chapa 1 - Unidade para lutar: em defesa da Educação Pública e das Liberdades Democráticas, as professoras Rivânia Assis (UERN), Maria Regina Moreira (UFSC) e o professor Amauri Fragoso (UFCG) para a presidência, secretaria-geral e tesouraria.


Já a Chapa 2 – Renova ANDES: Para Defender a Educação, a Universidade, os Serviços Públicos, a Soberania Nacional e a Democracia, indicou a professora Celi Taffarel (UFBA) como presidente, e os professores Luis Antonio Pasquetti (UnB) como secretário-geral e Paulo Opuszka (UFPR) como 1º Tesoureiro.


Essa é a primeira eleição do ANDES-SN com paridade de gênero para a composição das chapas. Importante ressaltar que nesta eleição, duas mulheres se candidatam à presidência do Sindicato Nacional.


40º Congresso


Porto Alegre (RS) sediará o 40º Congresso do ANDES-SN, em 2021. O evento será organizado pela Seção Sindical do ANDES-SN na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A decisão foi tomada na Plenária de sábado (8/2). Essa será a segunda vez que a capital gaúcha sediará a instância máxima de deliberação do Sindicato Nacional. Porto Alegre recebeu o 17º Congresso, em 1998.

Links Úteis